A importância das plantas dentro de casa

Não é crendice quando ouvimos que ter plantas dentro de casa traz boas energias, e que elas renovam o ar do ambiente. 

É do nosso conhecimento que às plantas realizam a fotossíntese, e melhoram a qualidade de oxigênio na natureza. 

Bem, tudo isso já é suficiente para manter uma plantinha dentro de casa, não é mesmo?

Para se ter uma planta dentro de casa precisamos de alguns itens, que são: luz, água e dedicação.

Algumas espécies necessitam de menos cuidado, são mais apropriadas para ambientes como apartamentos, e é sobre algumas delas que vamos falar.

 

Espada de São Jorge ou Lança de São Jorge

Esta planta é muito conhecida, pois os mais místicos acreditam que a planta espanta o mal olhado colocado em local estratégico na residência.

Independente da crendice, esta planta vai bem em ambientes não muito iluminado, não precisa de muita adubação, e pouca água. Ela também desenvolve se você a colocar num vaso com água, mas cuidado para que o mosquito da dengue não faça morada por lá. O importante é manter algum resíduo que afaste o mosquito. Fique atento!

 

Bromélias

Esta flor é muito tropical. Você pode encontrar no mercado de várias cores, o que traz um ar de muita alegria para o ambiente. Ela precisa de muita água, e adubação. Como ela possui uma roseta no seu interior o ideal é acumular água nesta região para o desenvolvimento dela, mas é outro ponto que pode servir para proliferação do mosquito da Dengue. Portanto, use borra de café no seu interior, além de espantar o mosquito é excelente adubo para as bromélias. 

Filodendro

Esta espécie é ideal para quem deseja um pendente dentro de casa. Se receber um bom cuidado pode atingir muitos centímetros de comprimento. 

Não precisa de muita iluminação, mas precisa ser regada diariamente.

Quem quiser usa-la como trepadeira, basta colocar um suporte que ela desliza sem problemas. 

Samambaia

Ah essa é tradicional na decoração não é mesmo?

Tem um aspecto tropical e um verde exuberante. Há várias espécies no mercado.

Elas não gostam de muito vento, mas apreciam uma luminosidade.

Precisam ser regadas regularmente, e receber adubação periodicamente.

São lindas, esvoaçantes e combinam com qualquer decoração.


Fonte: própria

Deixe uma resposta