Assinatura Eletrônica, a nova tecnologia para empresas

Diante da pandemia provocada pela COVID-19, o número de pessoas que se encontram em home office multiplicou-se exponencialmente, e as transações remotas e digitais estão se tornando a regra.

Empresas são alcançadas a todo momento por informações sobre novas tecnologias para os negócios. Entre tantas inovações, uma delas é a assinatura eletrônica.

Você já entende todos os aspectos dessa novidade? Neste artigo, queremos explicar em detalhes o que é e para que serve esse modelo de assinatura. Afinal, o conhecimento é a chave para um uso estratégico das novas ferramentas digitais.

 

Transformação Digital

Um dos conceitos mais abordados atualmente é o de transformação digital. A chamada Quarta Revolução Industrial levou a tecnologia para a indústria com intuito de otimizar os processos.

Não demorou para que essas mudanças chegassem ao setor corporativo e hoje a AUREA INCORPORADORA vive também uma transformação regida pelo uso das ferramentas digitais inteligentes.

assinatura eletrônica é uma dessas ferramentas e tem se tornado cada vez mais presente na rotina empresarial.

Essa inovação tem como principal alvo substituir as tradicionais assinaturas à mão. Considerando que lidamos cada vez mais com documentos digitalizados e informações na rede, essa mudança é extremamente pertinente, certo?

 

As características do sistema de assinatura eletrônica

Para entender melhor a lógica da assinatura eletrônica, basta pensar na forma tradicional de assinar documentos, com papel e caneta. A prática era aceitável até os formulários, autorizações e outras burocracias começarem a ser trocados por e-mails ou compartilhados na nuvem.

Manter a assinatura tradicional exige a impressão do papel, a assinatura e uma nova digitalização antes do reenvio à fonte. Esse processo, além de complicado, não é prático e também não é nada sustentável.

Já a assinatura por meios eletrônicos funciona com o uso de um aplicativo, que funciona em tablets, smartphones ou computadores. A assinatura é realizada após a análise do documento, o que confere valor jurídico ao processo.

Para entrar nesse sistema, é necessário o uso de senhas individuais e de outros sistemas de autenticação, como token, SMS e geolocalização, garantindo a completa segurança do procedimento.

A assinatura eletrônica é prática e pode ser adotada por qualquer indivíduo. Ela dispensa burocracias adicionais.

 

O uso na rotina empresarial

Por ser simples, segura e possuir validade legal, a assinatura eletrônica é uma excelente alternativa para as empresas.

Sabemos que a rotina organizacional lida com diversos tipos de documentos. São formulários, contratos, assinaturas, operações bancárias, autorizações e muitos outros documentos que exigem um registro de quem está tendo acesso, lendo e se certificando das informações.

Aliado aos documentos digitais, esse novo modelo de assinaturas garante que os trâmites sejam realizados de forma muito mais veloz, acelerando a produtividade da equipe e da negociação.

Assim como outras ferramentas digitais que têm surgido no mercado, a assinatura eletrônica vem como uma solução para agilizar e otimizar os processos realizados no meio corporativo. Agora você sabe todas as informações necessárias para adotar essa tecnologia.

Fonte: Própria

Deixe uma resposta