Uma estrela além do tempo: conheça a inspiradora Katherine Johnson

Nos bastidores da história da NASA, temos uma mulher brilhante responsável pelos cálculos e sucesso de diversos voos realizados. Hoje contaremos a história dela, Katherine Johnson.

Nascida em 26 de agosto de 1918, no estado de Virginia, filha de uma professora e um fazendeiro, foi estimulada desde criança por seus pais e desafiada a superar as dificuldades de ser uma mulher negra em seu tempo.

 

Katherine adorava contar as coisas. Seja os passos de sua casa até o colégio até o número de louças em sua casa. Seu encanto pela matemática fizeram com que Katherine ingressasse na West Virginia State College, se formando em Matemática & Francês com a máxima qualificação possível, o título de “Summa Com Laude”.

Resultado de imagem para katherine johnsonAntes de ingressar na NASA, Katherine trabalhou como professora de matemática, casou-se e teve três filhas, mas sua mente inquieta sempre almejou mais. Além de ensinar, ela queria poder contar e contribuir com algo grandioso.

Conseguiu seu emprego de “computadora” no Departamento de Orientação e Navegação, em um processo seletivo da NASA, que buscava por mulheres afro-americanas para trabalharem realizando contas para o órgão por salários menores do que oferecidos aos homens.

Após um deslocamento interno na NASA, Katherine foi emprestada à outra equipe exclusiva de homens, onde sofreu preconceito e grande rejeição até provar sua genialidade em cálculos de Geometria Analítica, conquistando o respeito dos colegas de maneira que tenha permanecido na divisão.

 

Imagem relacionada
Katherine ao receber a “Medalha da Liberdade”.

REALIZAÇÕES

• Quando Allan Shepard foi o primeiro americano a ir ao espaço, Katherine disse “me digam onde e quando vocês querem que ele pouse, e eu direi quando e de onde devemos lançar”. Seguiram seu conselho e a operação foi um sucesso.

• Antes de enviarem John Gleen para orbitar a Terra, os técnicos e o próprio piloto foram até Katherine e solicitaram que ela conferisse TODOS os cálculos feitos pelos computadores da época. Um dia e meio após o pedido, ela chegou aos mesmos resultados.

• A cientista calculou a trajetória do voo da aeronave Apollo 11, responsável por levar o homem à Lua, levando em consideração fatores como velocidade da nave e posição da lua e terra durante a ida e a volta da missão.

• Após 33 anos de experiência, Katherine se aposentou com mérito, recebendo o título de “Matemática do Ano” e diversas outras premiações ligadas aos voos espaciais da Nasa;

• Katherine Johnson é coautora de mais de 25 artigos científicos, continua a encorajar milhares de mulheres em busca do sucesso, completa 100 anos, em agosto de 2018, e vive atualmente em Hampton, Virginia.

 

FILME

Recentemente, a história de Katherine Johnson, Dorothy Vaughan e Mary Jackson, outras incríveis mulheres na história da Nasa, foi adaptada para um filme, indicado ao Oscar, chamado “Estrelas além do tempo”.
Confira o trailer abaixo:

E ai, gostou da história da Katherine? Se sentiu inspirada? Compartilhe com outras mulheres! E fiquem todos atentos aos nossos próximos especiais!