Início » 8 dicas de como usar tapete na decoração

8 dicas de como usar tapete na decoração

 

8 dicas de como usar tapete na decoração

Confira aqui as principais dicas de como decorar a sua casa com tapetes de diferentes formatos, cores e estilos.

 

Quem não ama uma boa dica de decoração? Dessa vez resolvemos reunir algumas dicas para você conseguir decorar a sua casa com seus tapetes em medo e sem erro. Confira agora as nossas dicas de como usar tapetes na decoração para deixar a sua casa mais confortável e bonita.

1. Medidas

Parece uma dica óbvia, mas muitas pessoas cometem o erro de simplesmente comprar o tapete antes mesmo de medir o local. Isso pode resultar em algumas grandes frustrações. Portanto, o primeiro passo para você que quer saber como usar tapetes na decoração é: medir o local com antecedência.

2. Posicionamento do tapete

Enquanto mede o local, tenha em mente que tapetes de decoração, na maioria das vezes, devem ser grandes o suficiente para que os móveis do ambiente fiquem sobre ele. Por exemplo, um tapete para a mesa de jantar não deve estar apenas sob a mesa, mas sob as cadeiras também. Um tapete de sala não deve estar apenas abaixo do sofá ou da mesinha de centro, mas sob todos os móveis que compõem esse ambiente: sofá, mesa de centro e poltronas ou cadeiras que estejam próximas. No quarto de casal, no caso de ter um único tapete, o ideal é que ele fique por baixo de toda a cama e se estenda até as mesinhas de cabeceira.

 

 

3. Praticidade

Mesmo que seja um objeto apenas para decoração, não se esqueça de pensar também na praticidade do tapete e na necessidade das pessoas da casa. Alguns tapetes de decoração, por exemplo, podem ser perigosos para pessoas com algum tipo de deficiência, idosos, crianças ou pets por serem altos e/ou escorregadios.

No caso de casas com esses ocupantes, as melhores opções são tapetes com antiderrapante, modelos emborrachados e que sejam mais finos e fiquem mais presos no chão.

Cães, gatos e outros bichinhos de estimação também podem ter alergias, sujar, estragar o tapete, além de se machucarem com tecidos escorregadios, portanto muita atenção quando for escolher.

Ainda dentro da praticidade, devemos pensar na limpeza do objeto. Se forem tapetes muito grandes, uma pessoa mais velha talvez não consiga lavar sozinha e necessite pagar uma lavanderia para isso. Se a dona ou o dono da casa fizer trabalhos manuais, é possível que o tapete acumule muita poeira e outros resíduos ainda mais se for muito peludo.

4. Considere os diferentes ambientes

É preciso que o tapete esteja de acordo com o ambiente onde ele irá decorar. Não é recomendável, por exemplo, escolher um tapete felpudo e/ou claro para a cozinha, pois é um local onde, inevitavelmente, irá cair comida, líquidos, gordura etc. Para esse local, prefira tapetes emborrachados por serem mais fáceis de limpar, finos e com cores mais fortes.

Abaixo da mesa de jantar é quase o mesmo pensamento. Apesar de ser bastante agradável aos pés ter algo felpudo enquanto se come, imagine um pedaço de bacon da feijoada caindo nele, ou uma almôndega com o molho do macarrão. Nesse caso não precisa ser um tapete emborrachado igual o da cozinha, mas tente seguir mais ou menos o mesmo raciocínio e opte por um tapete mais e fino.

 

 

5. Combine a decoração

Se você quer usar tapetes na decoração, precisa prestar atenção na sua decoração para combinar o tapete com os outros objetos do ambiente. Esteja atento às tonalidades que dominam o cômodo e escolha um tapete que complemente o visual. Se o ambiente tiver paredes com cores muito fortes, cuidado para não colocar um tapete também de cor muito forte que não se complementa. Isso vai causar um contraste muito grande e pode até ser visto como poluição visual.

Tapetes mais neutros e sóbrios são mais recomendados para áreas comuns como a sala e a sala de jantar. Nos quartos e em ambientes mais descontraídos como ateliês, sala de jogos e quartos infantis, dá para ser mais criativo e ousado. Mas, ainda assim, esteja atento para o resto da decoração.

6. Invista em modelos diferentes

Tente comprar modelos diferentes de tapete, tanto no formato quanto na estampa, para o mesmo ambiente e use de forma alternada. Essa é uma boa maneira de dar uma repaginada no ambiente sem ter que trocar os móveis de lugar.

Você também pode se aventurar mais e tentar fazer uma mistura de estilos. Coloque tapetes de formatos diferentes em um mesmo ambiente como um retangular no pé da cama e um redondo sob alguma cadeira ou poltrona que tenha no quarto.Tapetes redondos e/ou meia lua são sempre interessantes para serem dispostos no centro de algum ambiente.

Uma boa ideia é comprar alguns tapetes de acordo com as estações do ano, afinal, alguns tapetes no verão do Brasil podem se tornar verdadeiros inimigos por deixar tudo ainda mais quente.

Também é bom ter mais de um mesmo modelo, assim, quando um estiver lavando você terá outro para substituir, talvez de uma cor diferente ou algo parecido.

Se quiser ser ainda mais ousado, tente misturar estampas. Para isso, elas precisam conversar de alguma forma entre elas ou com o resto do cômodo. Ou seja, estampas diferentes, mas da mesma cor ou em um tom e sub-tom parecido.

7. Testes

Sempre realize testes com diferentes disposições dos móveis para ver como o tapete pode ficar melhor posicionado no ambiente. Mesmo que você já tenha uma ideia fixa de como vai ficar, teste sempre! Pois diferentes composições podem te surpreender e até dar uma ideia de ambiente mais amplo, mais clean etc.

8. Tendências

As grandes tendências do momento são tapetes com estampas geométricas, os felpudos que ganharam a internet por causa das blogueiras e os handmade.

Os geométricos são mais interessantes para áreas comuns e mais amplas. Os felpudos são mais comuns em quartos ou áreas de trabalho. Os handmade podem ser feitos de diversos materiais como barbante, palha e/ou fio de malha de crochê. São bem interessantes para compor o ambiente da sala, mas isso vai depender se o visual do cômodo combina com o tapete ou não.

 

 

Fonte: seleções.com.br

 

Acompanhe mais dicas em nosso Blog Aurea

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *